domingo, 17 de fevereiro de 2008

Lembrando um velho amigo

Orlando, ou melhor, Landão,

Copiei isso do teu blog - sim, ele ainda existe, embora você não dê o ar da graça por lá. Isso se você ainda consegue acessar seu blog, pois eu não consegui mais acessar o meu.
De qualquer maneira, achei esse poema um barato, até porque amo velocidade e tudo relacionado a ela. Gosto quando as coisas passam por mim formando meros borrões. Aliás isso é um resumo da minha vida: tudo passando em alta velocidade e algumas vezes parando no acostamento para admirar a paisagem.

Nelson Rodrigues dizia:

"Acho a velocidade um prazer de cretinos. Ainda conservo o deleite dos bondes que não chegam nunca!"

Sou um cretino, então...

Vamos lá:

O imaculado vento que me sopra
(Orlando Melo)

Hoje escrevi umas coisinhas bobas.
Peguei palavras tolas e joguei naquele caderno que só abro quando lembro de você.
Tudo tá muito lento por aqui, lento e arrastado, como a vida em dias de janeiro.
Peguei emprestado uma moto e corri feito um louco pelas ruas da cidade, o imaculado vento limpava minha alma nua que maculada estava pela tua.
Não sei o que pensei, ou até mesmo se pensei, pois se pensei o vento carregou junto consigo na lembraça dos traços do meu amor.
Obrigado imaculado que soprou o meu amor, resquícios aturdidos de alguém que não me amou.

Tudo isso me faz lembrar que estou devendo uma reedição dos velhos tempos dos rodízios de pizza em Vila Valqueire, quando quatro moleques duros de subúrbio - incluo nisso o Vaguinho e o Felipe - ficavam falando merda, fazendo vergonha, tirando sarro da cara do garçom que tinha jeito de viado, ou ficavam competindo - Vaguinho e Felipe - para ver quem comia mais pizza.

Te ligarei ainda essa semana. Grande abraço de urso, meu velho!

Um comentário:

Priscilla disse...

Olá Rafael, eu sou a namorada do poeta aí em cima. Lembra de mim?
Pois é vi seu recadiho no orkut do Lando e vim bisbilhotar o seu blog... hihihih... pode isso?!
Tudo bem com vc?
Gostei muito do seu blog.
Um dia quando tiver tempo pra escrever farei um também.
Beijinhos meu e abraço do Lando, pra vc e pra sua namorada.

Priscilla (ou simplismente Pri)
PS: Vou avisar a ele do blog, porque às vezes ele demora tanto tempo pra entrar no orkut.^^

Fui-me